Prêmio Jabuti mantém inscrição até 31 de maio

Posted on 19/05/2010

1



Esta é a 52ª edição do Prêmio Jabuti e as inscrições estão abertas para os editores, escritores, autores independentes, tradutores, ilustradores, produtores gráficos e designers até 31 de maio.

O Prêmio Jabuti tem fama de ser o principal prêmio literário do Brasil em relação à categoria de livros já publicados. Sua história iniciou por volta de 1957 com um mercado editorial cheio de desafios e dificuldades para os envolvidos na área, sendo que a inicitiva e o desenvolvimento deste prêmio é de competência e cuidado da CBL – Câmara Brasileira do Livro, que durante esses anos todos, soube conduzir o reconhecimento da “honra literária Jabuti” com muito respeito e qualidade.

Na edição de 2009, o Prêmio Jabuti obteve o maior número de inscrições de todas edições: 2.574 obras, cerca de 20% a mais que em 2008, quando participaram 2.131 publicações.

Para 2010, poderão concorrer ao prêmio os livros inéditos editados no Brasil, entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2009.

Regulamento:

I – Das Categorias Concorrentes

  1. Melhor Tradução
  2. Melhor Livro de Arquitetura e Urbanismo, Fotografia, Comunicação e Artes
  3. Melhor Livro de Teoria/Crítica Literária
  4. Melhor Projeto Gráfico
  5. Melhor Ilustração de Livro Infantil ou Juvenil
  6. Melhor Livro de Ciências Exatas, Tecnologia e Informática
  7. Melhor Livro de Educação, Psicologia e Psicanálise
  8. Melhor Livro de Reportagem
  9. Melhor Livro Didático e Paradidático
  10. Melhor Livro de Economia, Administração e Negócios
  11. Melhor Livro de Direito
  12. Melhor Livro de Biografia
  13. Melhor Capa
  14. Melhor Livro de Poesia
  15. Melhor Livro de Ciências Humanas
  16. Melhor Livro de Ciências Naturais e Ciências da Saúde
  17. Melhor Livro de Contos e Crônicas
  18. Melhor Livro Infantil
  19. Melhor Livro Juvenil
  20. Melhor Livro de Romance
  21. Melhor Tradução de Obra Literária Espanhol-Português

Descrição das categorias

  1. Tradução:

Textos exclusivamente literários (contos, crônicas, romance, poesia), traduzidos para a língua portuguesa falada e escrita no Brasil.

  1. Arquitetura e Urbanismo, Fotografia, Comunicação e Artes:

Pesquisas, ensaios ou tratados sobre temas em Arquitetura e Urbanismo, Fotografia, Comunicação, Cinema, Teatro, Artes Visuais, Artes Cênicas e Artes Plásticas.

  1. Teoria / Crítica Literária:

Obras de cunho conceitual que contenham substrato teórico fundamentado a respeito de língua e literatura. Incluem-se nessa categoria dicionários e gramáticas.

  1. Projeto Gráfico:

Concepções de projetos gráficos de livros avulsos ou pertencentes a coleções, produzidos originalmente no Brasil e que ressaltem o conceito gráfico da obra por intermédio do design e pela adequação dos materiais utilizados.

  1. Ilustração de Livro Infantil ou Juvenil:

Ilustrações de obras destinadas a crianças, pré-adolescentes ou
adolescentes.

  1. Ciências Exatas, Tecnologia e Informática:

Ensaios, tratados e textos acadêmicos que fundamentam ou descrevem conceitos a respeito dos temas em questão. Incluem-se nesta categoria obras de divulgação.

7. Educação, Psicologia e Psicanálise:
Pesquisas, ensaios ou tratados sobre os temas em questão.

8. Reportagem:
Textos, documentários ou analíticos, vistos sob a perspectiva jornalística.

9. Didático e Paradidático:
Obras destinadas ao ensino de qualquer componente curricular e/ou área do conhecimento, publicadas em primeira edição, não sendo aceitas edições revistas ou atualizadas. São consideradas como:
a) didáticas: obras essencialmente pedagógicas;
b) paradidáticas: obras não-pedagógicas utilizada para esse fim.

10. Economia, Administração e Negócios:
Tratados e textos acadêmicos que fundamentem ou descrevam conceitos a respeito dos temas em questão.

11. Direito:
Tratados e textos acadêmicos que fundamentem ou descrevam conceitos a respeito do tema em questão.

12. Biografia:
Textos, documentários ou analíticos, vistos sob a perspectiva biográfica.

13. Capa:
Concepções e desenvolvimentos gráficos de capas ou sobrecapas de livros como elementos autônomos.

14. Poesia:
Textos sintéticos com alto grau de poeticidade, caracterizando-se,    fundamentalmente, por ritmo, sonoridade e outros recursos intrínsecos à criação literária que os diferenciem de textos em prosa.

15. Ciências Humanas:
Pesquisas, ensaios ou tratados sobre a área em questão. Incluem-se nessa categoria temas relacionados a Sociologia, Antropologia, História, Filosofia, Política e Religião ou assuntos correlatos vistos sob a perspectiva das ciências humanas.

16. Ciências Naturais e Ciências da Saúde:
Pesquisas, ensaios, tratados ou textos de divulgação científica sobre as áreas em questão. Incluem-se, nessa categoria, temas relacionados a Medicina, Enfermagem, Saneamento, Saúde Pública, terapias diversas e similares.

17. Contos e Crônicas:
a) conto: narrativa curta, geralmente ficcional;
b) crônica: narrativa curta, baseada geralmente em assuntos do cotidiano
ou de interesse geral, caracterizando-se pela transitoriedade dos temas
abordados.

18. Infantil:
Textos ficcionais ilustrados, que podem ou não mesclar elementos do “real”, destinados ao público infantil.

19. Juvenil:
Textos ficcionais, que podem ou não mesclar elementos do “real”, destinados ao público adolescente.

20. Romance:
Narrativas ficcionais, geralmente longas, que podem ou não mesclar elementos do “real”.

21. Melhor Tradução de Obra Literária Espanhol-Português
Textos exclusivamente literários (contos, crônicas, romances, poesias), traduzidos diretamente da língua espanhola para a língua portuguesa falada e escrita no Brasil.

II – Das Inscrições

1. As obras poderão ser inscritas pelo autor, ilustrador, tradutor, produtor gráfico ou editor entre 8 de março e 31 de maio de 2010.

2. As inscrições serão encerradas no dia 31 de maio de 2010, às 18 horas.

3. Serão confirmadas as inscrições realizadas pela internet até esse prazo se os livros, a ficha de inscrição e o comprovante de pagamento da taxa de inscrição forem entregues à CBL em até 5 dias corridos após essa data-limite. Para inscrições realizadas de outra forma, será considerada a data de postagem pelos Correios, sendo concedidos os mesmos 5 dias corridos para a entrega do material necessário para sua efetivação.

4. As inscrições devem ser feitas conforme descrito a seguir:

4.1. Preenchimento completo da Ficha de Inscrição, preferencialmente via internet no site http://www.premiojabuti.org.br. Caso o interessado não
disponha desse recurso, poderá solicitar a Ficha de Inscrição impressa à Câmara Brasileira do Livro.

4.2. Pagamento da Taxa de Inscrição, que deverá ser efetuado por depósito identificado no Banco Itaú, agência 0180, c/c 49170-6, em favor da CBL, respeitando os seguintes valores:

• no caso de inscrição de livro, por obra e categoria na qual a mesma for inscrita    – R$ 165,00 (cento e sessenta e cinco reais) para associados da CBL;    – R$ 250,00 (duzentos e cinquenta reais), para não-associados da CBL;

• no caso de inscrição de coleção, por obra e categoria na qual for inscrita
– R$ 220,00 (duzentos e vinte reais) para associados da CBL;    – R$ 330,00 (trezentos e trinta reais) para não-associados da CBL.

4.3. Os associados da CBL devem identificar o depósito com seu número de sócio.

4.4. Os não-associados devem se identificar pelo CNPJ, no caso de pessoa jurídica; ou pelo CPF, no caso de pessoa física.

4.5. Remessa de 5 (cinco) exemplares de cada título inscrito em cada categoria, juntamente com cópia da ficha de inscrição e do recibo de depósito ao endereço abaixo:

52° Prêmio Jabuti 2010 Câmara Brasileira do Livro Rua Cristiano Viana, 91 – Pinheiros 05411-000 – São Paulo – SP

Se necessário, poderão ser solicitados exemplares adicionais.

5. Os livros enviados não serão devolvidos no final do concurso.

6. Cada obra poderá concorrer somente em uma categoria, com exceção daquelas inscritas nas categorias 4-(Projeto Gráfico), 5-(Ilustração de Livro Infantil ou Juvenil) e 13-(Capa).

7. Na categoria 1-(Tradução), quando houver vários volumes, será considerada, para efeito de inscrição, a data do último, desde que nenhum volume dos demais tenha sido inscrito anteriormente.

8. Obras traduzidas somente poderão participar de uma das seguintes categorias: 1-(Tradução) ou 21-(Tradução de Obra Literária Espanhol-Português).

9. Na categoria 9-(Didático e Paradidático), somente poderão concorrer obras inéditas, publicadas em primeira edição, não podendo concorrer as obras revistas e/ou atualizadas.

10. Nas categorias 2-(Arquitetura e Urbanismo, Fotografia, Comunicação e Artes); 6-(Ciências Exatas, Tecnologia e Informática); 10-(Economia, Administração e Negócios); 11-(Direito); 15-(Ciências Humanas); e 16-(Ciências Naturais e Ciências da Saúde), não poderão concorrer livros de Ensino Fundamental ou Médio.

11. Para a inscrição na categoria 1-(Tradução), a editora deverá indicar o responsável pela tradução da obra; para a categoria 4-(Projeto Gráfico), o profissional responsável pelo projeto gráfico; para a categoria 5-(Ilustração de Livro Infantil ou Juvenil), o ilustrador; e, para a categoria 13-(Capa), deverá ser indicado o capista e o elemento (capa ou sobrecapa) a ser considerado na avaliação dos jurados.

12. As obras coeditadas deverão ser inscritas por apenas um dos editores.
Se o livro for vencedor em sua categoria, ambas as empresas receberão
o troféu Jabuti.

13. As coleções (exceto as inscritas na categoria Tradução) serão aceitas desde que todos os volumes tenham sido produzidos entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2009.

14. Os livros que fazem parte de uma coleção poderão ser inscritos individualmente ou como coleção, sendo que a editora deverá optar por apenas uma dessas formas. Todos os itens da coleção devem ter sido publicados entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2009.

15. As antologias serão aceitas desde que a composição da obra seja inédita. Nesse caso, o troféu e eventual prêmio em dinheiro serão concedidos ao organizador da obra.

16. Na categoria Direito, serão aceitas obras de coleções inscritas individualmente.

17. As obras inscritas que não atenderem ao que dispõe o regulamento serão desclassificadas, sem direito à devolução da Taxa de Inscrição, que ficará retida a título de reembolso de despesas administrativas.

18. Não serão aceitas, em nenhuma hipótese, inscrições de obras com Ficha Catalográfica atribuída à Câmara Brasileira do Livro que não estiver em conformidade com os registros da entidade. Em caso de falsificação, além da desclassificação sumária, os responsáveis serão notificados judicialmente.

III – Da Composição do Júri e Do Sistema de Votação

1. O júri do 52° Prêmio Jabuti será composto por profissionais habilitados, indicados pelo mercado editorial e escolhidos, por meio de sorteio, pela Comissão do Prêmio, constituída pela CBL.

2. As obras inscritas serão analisadas por uma equipe de três jurados/especialistas em cada categoria, que serão responsáveis por selecionar, em duas fases, os três vencedores das 21 categorias do Prêmio Jabuti 2010.

3. Para que o processo de seleção do júri de cada categoria seja totalmente transparente, a escolha dos jurados será realizada da seguinte forma:

a. As empresas associadas à CBL serão convidadas a indicar nomes que poderão fazer parte do júri, enviando um breve currículo dos candidatos e o nome das categorias para as quais estão sendo propostos. Seguindo todas as regras para a formação do Corpo de Jurados, a entidade também poderá indicar nomes ao processo de seleção.

b. Autores premiados em edições anteriores do Prêmio Jabuti não poderão fazer parte do Corpo de Jurados. Os jurados deverão assinar um termo, declarando não terem sido premiados em tempo algum.

c. Os profissionais indicados para serem jurados não poderão ter vínculo com a editora ou com obra inscrita em qualquer categoria do concurso.

d. Não participam da escolha dos jurados os membros da Comissão que sejam autores ou ainda que sejam ligados a editoras que tenham obras inscritas.

e. A Comissão do Prêmio selecionará, dentre os indicados pelas empresas associadas, um número três vezes maior de prováveis jurados para permitir maior diversidade das fontes indicadoras.

f. Por sorteio, serão escolhidos os três membros do júri que atuarão nas duas etapas do concurso, sendo que cada editora terá somente uma indicação por categoria na composição final.

g. Também por sorteio, serão escolhidos três suplentes que serão convocados se os titulares não aceitarem o convite ou precisarem ser substituídos. Nesse caso, permanece o critério mencionado no item “3”.

h. Os nomes dos jurados serão divulgados em ordem alfabética somente após a conclusão das votações e o anúncio final dos premiados.

i. Na primeira fase, os jurados indicarão, entre todos os concorrentes da categoria, os 10 livros que passarão para a segunda fase. Desse resultado consolidado da votação dos 3 jurados serão extraídos, então, os 10 livros que, na condição de finalistas, serão submetidos à nova avaliação pelo Corpo de Jurados.

j. Na segunda fase<, o mesmo procedimento irá identificar os 3 primeiros colocados em cada categoria.

k. Em ambas as fases, cada jurado receberá Cédulas de Votação individuais com os Critérios de Avaliação para cada categoria.

l. Os jurados atribuirão uma nota fracionada de 8,0 a 10,0 para cada quesito proposto, sendo vedado abster-se de pontuar qualquer um deles.

m. Na Cédula de Votação de cada obra, as notas atribuídas pelo jurado aos quesitos deverão compor médias aritméticas que estabeleçam uma ordem classificatória decrescente entre os livros votados pelo jurado – do 1º ao 10º lugar, na primeira fase; e do 1° ao 3° lugar, na segunda fase. Não será permitido que duas ou mais obras votadas pelo mesmo jurado obtenham a mesma média final.

n. O não-cumprimento do que está descrito nos itens “l” e <“m” tornará o voto nulo e o jurado não receberá a remuneração aprovada pela Comissão.

o. Caso haja empate entre duas ou mais obras votadas pelo conjunto de jurados, tanto na primeira como na segunda fase, o critério de desempate será o de maior nota no primeiro quesito avaliado, e assim sucessivamente, uma vez que na Cédula de Votação os quesitos foram ordenados por grau de importância / relevância.

p. A Comissão do Prêmio Jabuti 2010 poderá, nos casos de impasse ou impossibilidade de desempate pelo critério de notas, solicitar nova rodada de avaliação dos julgadores, convocando-os para discutir e propor o desempate.

4. Nas duas fases, os jurados entregarão os votos em envelopes lacrados, endereçados à Câmara Brasileira do Livro, aos cuidados da Comissão do Prêmio Jabuti 2010.

5. A abertura dos envelopes e a apuração dos votos, em ambas as fases, serão realizadas na sede da CBL, em sessões públicas, convocadas pela Entidade, em datas e horários previamente divulgados, e abertas à imprensa e ao público.

6. O resultado das apurações públicas será consignado em relatório consolidado que discriminará a pontuação individual recebida pelos livros votados pelos 3 jurados e a ordem de classificação obtida no conjunto.

7. A classificação final poderá ser alterada caso um dos vencedores seja falecido, conforme descrito em IV – DA PREMIAÇÃO, item 12 – ou se a obra sofrer algum tipo de impugnação julgada procedente pela Comissão do Prêmio.

IV– Da Premiação

1. O primeiro lugar em cada categoria (de 1 a 21) receberá, além do troféu, um prêmio no valor bruto de R$ 3.000,00 (três mil reais), sendo deduzidos os encargos legais. No caso de obras em coautoria, o prêmio em dinheiro será dividido.

2. Além do prêmio em dinheiro, os concorrentes classificados em primeiro lugar em cada categoria, exceto os residentes na cidade de São Paulo, receberão uma passagem aérea de ida e volta, dentro do território nacional, e hospedagem individual por um dia, em São Paulo, em hotel indicado pela CBL, para seu comparecimento à cerimônia de entrega dos troféus. Os vencedores que não confirmarem sua presença até 5 dias antes da cerimônia não receberão essa ajuda de custo.

3. O segundo e terceiro lugares receberão troféus do Prêmio Jabuti.

4. Nas categorias 2, 3, e de 5 a 20, serão premiadas as obras de autores, capistas e ilustradores nacionais, ou radicados no Brasil, que foram publicadas no país em

primeira edição e em língua portuguesa, aceitando-se, contudo, que a impressão tenha sido feita fora do país.

5. As obras destinadas ao ensino de idiomas, inclusive as que tenham sido editadas em língua estrangeira, poderão concorrer, desde que concebidas e publicadas em primeira edição no país.

6. O Prêmio Jabuti, na categoria 1-(Tradução) e na categoria 21-(Tradução de Obra Literária Espanhol-Português), será conferido ao vencedor cuja tradução tenha sido publicada em primeira edição no Brasil, no período de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2009.

8. Só poderão concorrer na categoria 4-(Projeto Gráfico) os livros criados, produzidos e também lançados, em primeira edição, no Brasil. É imprescindível que o projeto gráfico original tenha sido concebido no Brasil.

9. O Prêmio Jabuti, na categoria 5-(Ilustração de Livro Infantil ou Juvenil), será entregue ao ilustrador vencedor.

10. O Prêmio Jabuti, na categoria 13-(Capa), será entregue ao capista vencedor.

11. Quando a obra premiada for assinada por vários autores, o organizador mencionado no expediente da obra receberá o troféu, o valor em dinheiro e a ajuda de custo mencionada no item 3, como representante dos demais, exceto quando o responsável pela inscrição indicar outro beneficiário.

12. Obras inéditas de autores falecidos, classificadas pelo júri entre os 3 primeiros lugares, serão transferidas para a seção Homenagem Póstuma da mesma categoria em que tenham sido inscritas, sendo premiadas apenas com o troféu Jabuti, não concorrendo ao prêmio em dinheiro nem ao Livro do Ano. O lugar deixado vago pela transferência de seção será ocupado pela obra subsequente na classificação geral da categoria.

V – Dos Prêmios Livro do Ano

1. Os associados da CBL, SNEL, ANL e ABDL, como representantes do mercado, e os jurados das etapas anteriores votarão no Livro do Ano, nos gêneros:
• Ficção (Romance, Contos e Crônicas, Poesia, Infantil e Juvenil) e
• Não-Ficção (Teoria / Crítica Literária; Reportagem; Ciências Exatas, Tecnologia e Informática; Economia, Administração e Negócios; Direito; Biografia; Ciências Naturais e da Saúde; Ciências Humanas; Didático e Paradidático; Educação, Psicologia e Psicanálise; Arquitetura e Urbanismo, Fotografia, Comunicação e Artes).

2. O Prêmio Livro do Ano destina-se a um(a) escritor(a), portanto não participam as categorias Tradução, Ilustração de Livro Infantil ou Juvenil, Capa, Projeto Gráfico e Tradução de Obra Literária Francês-Português.

3. Para a escolha dos vencedores do Prêmio Livro do Ano, será enviada, pelo correio, aos profissionais da classe e aos jurados, uma Cédula de Votação contendo os nomes dos 3 (três) finalistas em cada categoria (conforme o item 1).

4. Cada jurado ou empresa associada (a uma ou mais entidades) receberá apenas uma Cédula de Votação.

5. A cédula preenchida deverá ser enviada por via postal até a data-limite estabelecida na mesma. Não serão aceitos votos consignados em formulários diferentes da Cédula de Votação.

6. Os votos que chegarem em data posterior não serão considerados, servindo para validação a data de postagem.

7. Serão vencedoras do Livro do Ano – Ficção e Livro do Ano – Não-Ficção as obras que, respectivamente, obtiverem a maior soma de votos.

8. Os autores contemplados com os Prêmios Livro do Ano receberão, cada um, o valor bruto de R$ 30.000,00 (trinta mil reais), sendo deduzidos os encargos legais. Receberão também a ajuda de custo descrita no item 3 de IV – DA PREMIAÇÃO.

VI – Das Disposições Finais

1. As atividades referentes à premiação ficarão a cargo da Comissão do Prêmio Jabuti 2010, constituída pela Câmara Brasileira do Livro.

2. Os concorrentes que preencherem os requisitos deste Regulamento terão suas obras homologadas pela Comissão do Prêmio Jabuti 2010.

3. Para efeito deste concurso, é considerado livro a obra intelectual impressa e publicada.

4. A Inscrição, independentemente de qualquer outro documento, significa plena aceitação, pelo solicitante ou por quem o represente, dos termos deste Regulamento.

5. Ao inscrever obras de terceiros, o editor declara que o autor, ilustrador, capista, produtor gráfico ou tradutor concorrente está ciente da Inscrição e assume a responsabilidade, nos termos da lei, pela originalidade, autenticidade e autoralidade do material que, em qualquer categoria, dispute o prêmio, não respondendo a CBL, a Comissão Organizadora e os jurados por reclamações de terceiros, a qualquer título e a qualquer tempo.

6. As decisões dos jurados são definitivas e irrecorríveis, não havendo reavaliação ou revisão das decisões proferidas, salvo em caso de impugnação fundamentada conforme o item 7 deste parágrafo e aceita pela Comissão do Prêmio.

7. Os eventuais pedidos de impugnação deverão ser encaminhados à Comissão do Prêmio Jabuti dentro do prazo de 30 dias após a divulgação dos resultados da fase que classificou a obra em questão. A impugnação deverá ser apresentada com as devidas justificativas e documentos que comprovem as irregularidades alegadas.

8. Os casos não previstos neste Regulamento serão resolvidos pela Comissão do Prêmio Jabuti. Se necessário, a diretoria da CBL será consultada para deliberar em última instância.

9. Informações complementares poderão ser obtidas diretamente na Câmara Brasileira do Livro, pelos sites http://www.premiojabuti.org.br e http://www.cbl.org.br, pelo e-mail jabuti@cbl.org.br ou ainda pelo telefone (11) 3069-1300.

José Luiz Goldfarb
Curador do Prêmio Jabuti 2010

Fonte: www.premiojabuti.org.br

Anúncios